Biblioteca Quincas

PROJETO RODA DE LEITURA

... Quanta gente, quanto sonho,
quanta história, quanto invento,
quanta arte, quanta vida
há dentro do livro.
(Ricardo Azevedo)

 

Despertar em nossos leitores o desejo de abrir o livro e viver a cada leitura os sentimentos provocados por uma boa narrativa são a essência do espaço da Biblioteca Quincas. Colocar o livro como possibilidade de encontro para viver as emoções provocadas pelas diversas formas de se ler é ter o espaço de leitura como um potencializador de magia, de sedução e de descobertas. A partir dessas considerações, apresentamos o Projeto Roda de Leitura a fim de seduzir nossos estudantes do ensino fundamental, primeiro e segundo segmento, à leitura dos textos literários e demais suportes de leitura.

 

Na biblioteca Quincas Maxwell, o projeto funciona assim:

Uma vez por semana as turmas de 1º ao 5º ano do ensino fundamental vão à biblioteca num dia previamente agendado. Cada estudante escolhe um livro para levar para casa. Esta escolha é sempre mediada por nós – dinamizadores e professores -, embora seja a criança que decida o livro que quer ler. Na semana seguinte o leitor devolve o livro e troca por outro. No troca-troca dos livros os estudantes se expressam por meio de diferentes linguagens para dizer o que acharam do livro. Um livro pode provocar muitas discussões e opiniões diferenciadas, donde concluímos que quanto mais leituras um texto provocar maior é a sua qualidade. E neste sentido estamos muito atentos. Outro fator muito importante neste projeto é a participação da família. Acompanhar a criança em suas leituras, ler junto, cada um ler uma parte, comentar o que leu, compartilhar opiniões, valorizar a leitura são atitudes que estimulam a criança.

Consideramos que a socialização da leitura amplia os horizontes e favorece a relação afetiva e efetiva na vida de nossos estudantes. Acreditamos que as estratégias do projeto Roda de Leitura contribuem no desenvolvimento da autonomia de cada criança envolvida.

facebook Twitter Instagram YouTube


Projeto Político Pedagógico

"Ninguém educa ninguém, ninguém se educa sozinho, os homens se educam em comunhão."
Paulo Freire

Quando, em dezembro de 1977, um grupo de jovens, incluindo alguns professores, resolveu construir uma escola, a intenção era viver uma experiência cooperativa e solidária apenas entre um grupo de amigos. Não pensávamos em fazer a escola que temos hoje. Já em 1979,...

Leia mais...